Municípios do Brasil trocam experiências com a comunidade internacional Bookmark and Share Correo electrónico

Rio de Janeiro, Brasil. 02/04/2015.

Semana que vem, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasilia, delegações de 16 países e representantes de governos locais estarão reunidos no III Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS). Na pauta do evento, temas como desenvolvimento urbano, governança metropolitana, mobilidade urbana, entre outros. O Encontro será entre os dias 7 e 9 de abril e ONU-Habitat participa da atividade.



Para o Diretor de Pesquisa e Capacitação da ONU-Habitat, Eduardo López Moreno, “o papel estratégico desempenhado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) na organização do III EMDS é importante pois o desenvolvimento sustentável é um processo que requer uma participação efetiva, assim como uma grande colaboração entre instituições públicas, privadas e as demais partes interessadas”.

Segundo Moreno, o Encontro é importante, porque potencializa o desenvolvimento de políticas urbanas sustentáveis no maior número de municípios do Brasil e também consolida a participação do Brasil na esfera internacional, especialmente na Terceira Conferência das Nações Unidas sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável (Habitat III), que ocorrerá em Quito, no Equador, em outubro de 2016.

Entre as atividades previstas para a participação das delegações estão Salas Temáticas, Fóruns de Secretários, Praça de Boas Práticas e eventos parceiros, como Cidade Sustentáveis.

Os países que terão representantes no III EMDS são: Argentina, Austrália, Bolívia, Colômbia, Coreia do Sul, Cuba, Equador, Espanha, EUA, Filipinas, França, Itália, Kenya, Moçambique, Portugal e Uruguai.

III EMDS

Realizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), em parceria com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o EMDS já está consolidado como o maior evento de sustentabilidade urbana do país. O Encontro, que aborda assuntos de interesse comum entre os municípios brasileiros, nesta edição terá como eixo central o tema “Nova governança federativa e o papel das cidades no Brasil e no mundo”. Crise Hídrica, Saúde Pública, Educação e Desenvolvimento Econômico são outros tópicos a serem debatidos durante o III EMDS.

Eixos temáticos irão nortear a programação do III EMDS, composta por Salas Temáticas, Arenas de Diálogo e Fóruns Ted-alike. Confira:

• Empreendedorismo e desenvolvimento local sustentável: políticas públicas de incentivo e de financiamento

• A crise hídrica urbana: causas, situação atual e cenários futuros

• Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ONU) e a conferência Habitat III: a Nova Agenda Urbana e o protagonismo dos governos locais

• Mobilidade urbana: o esgotamento do atual modelo e a urgência de uma pactuação federativa

• Governança e gestão das políticas públicas metropolitanas

• Cidades e democracia: reforma política, reforma federativa e participação social

Experiências exitosas municipais também serão divulgadas durante o evento, por meio do Caminho das Cidades e da Praça de Boas Práticas. O networking e a interação entre os participantes acontecem no espaço chamado Ponto de Encontro. A expectativa de público é de cinco mil pessoas, sendo aproximadamente 500 prefeitos e prefeitas.

As inscrições são gratuitas e estão disponíveis no site www.emds.fnp.org.br



 
FacebookTwitterYoutubeFlickr

Cartel propuesta V2-

UNHaitiLogo Final

THE GLOBAL GOALS
1 TheGlobalGoals_Icons_Color

logo seminario

bannerCaribe

WUC 00001

bannerUrbanPortalUrbano

 
Municípios do Brasil trocam experiências com a comunidade internacional
Aliados ONU-Habitat